O que é a cirurgia intima?

 

A cirurgia intima feminina, também chamada de vaginoplastia ou cirurgia vagina, é o procedimento cirurgico indicado para corrigir alterações da estética vaginal.
Para quem não tem o problema, pode até parecer frescura. Mas, se a mulher possui vergonha da aparência de seu órgão genital, não há nada que a faça sentir-se à vontade na sua intimidade.  A cirurgia intima ( cirurgia da  vagina ) representa uma grande conquista para mulher moderna, que ganhou a liberdade de decidir se deve ou não melhorar sua estética intima .
Entre os motivos mais comuns que fazem as mulheres recorrerem a cirurgia intima estão um excesso de tamanho dos pequenos ou dos grandes lábios vaginais ou ainda o monte pubiano muito volumoso, o que muitas vezes até impede o uso de calças muito justas ou biquinis. Além disto existem mulheres que se queixam de alargamento vaginal provocado por parto, murchamento vaginal e escurecimento da mucosa da vagina.
Para muitas pessoas o assunto ainda é tabu, mas com o tempo a cirurgia plástica da intimidade está conquistando cada vez mais adeptas.

Boa parte do prazer sexual da mulher está diretamente ligado a satisfação com o próprio corpo. Gordurinhas localizadas, insatisfação com o tamanho dos seios, por exemplo, podem interferir na boa relação sexual da mulher. Num nível mais avançado, a vergonha do corpo por ter um órgão genital de aparência não muito comum, pode ter conseqüências psicológicas graves e até causar a frigidez.

Anomalia no órgão genital feminino é mais comum do que se imagina e pode ser facilmente resolvida com cirurgia plásticas simples, permitindo ter relação sexual em aproximadamente 30 dias. A mulher com mais de 18 anos pode recorrer à cirurgia.
 
Tempo da cirurgia e de internação
A cirurgia plástica íntima leva em média 45 minutos e dispensa internação.
 
Anestesia
A cirugia é realizada com anesthesia local.

 

Usuários Top 3

Usuários Online

0 usuários e 9 visitantes online